Vanda Ribeiro: «Foi complicado aguentar»

Vanda Ribeiro tem 43 anos e há 30 que participa no Grande Prémio de Atletismo da Guarda, cidade onde reside. Ontem foi a primeira mulher a cortar a meta na prova principal com um tempo de 37 minutos e 54 segundos, e fê-lo com uma vantagem de 15 segundos sobre Teresa Bernardo e de 40 para Sabina Neca, segunda e terceira classificadas, respetivamente.

"A primeira volta ao percurso fez-se bem, mas na segunda as pernas começaram a pesar e foi mais complicado aguentar o ritmo mas, ainda assim, acabou por correr muito bem", admitiu ao nosso jornal no final dos quase 10 quilómetros que percorreu.

Veterana de participações na prova, Vanda Ribeiro elogia a organização e o percurso. "Quando a prova se realizava nas ruas do centro histórico era mais difícil. Agora trata-se de um percurso mais plano, com apenas uma ligeira subida na parte final, mas que se faz com reduzida dificuldade."

A vencedora da 42ª edição do GP da Guarda refere ainda ser "um traçado mais acessível e que acaba por encorajar mais pessoas a participar. E isso é bom para a prova e para a modalidade".

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record
 

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão