Suunto Spartan Ultra All Black Titanium: Uma máquina para os mais exigentes

É certo que o Suunto Spartan Ultra já está no mercado há praticamente dois anos; é também certo que muito em breve a marca finlandesa vai lançar a sua nova máquina, o Suunto 9; mas nunca é tarde para lhe falarmos num relógio que continua a ser bastante acarinhado pelos corredores, especialmente os exigentes exploradores das montanhas. Um carinho que se explica pela qualidade do produto em causa, pese embora o preço elevado que obriga a colocar em cima da mesa, um factor que normalmente afasta compradores.

Mas vamos então àquilo que este Suunto Spartan Ultra promete: Um relógio multidesportos, fabricado à mão na Finlândia, bastante resistente, com excelente precisão de localização, ideal para quem gosta de se aventurar em zonas menos "normais", especialmente em montanhas ou trilhos mais complicados. Há também a realçar uma bateria que dura, dura, dura... Só lhe falta uma coisa para ser um relógio 'perfeito': ter sensor cardíaco integrado, especialmente tendo em conta o seu (elevado) preço de venda.

O visual e a bateria

Iniciemos a análise pela questão visual, que é logo aquilo que chama à atenção. Este Suunto Spartan Ultra trata-se de um relógio grande e robusto, algo que se sente no pulso à primeira utilização. Por vezes até é preciso fixá-lo de uma forma mais 'apertada' no pulso, pois corremos o risco de o ter ali a 'baloiçar' enquanto treinamos. Ainda assim, a versão que testámos (All Black Titanium) apresenta um visual bastante sóbrio e discreto, com a possibilidade de, conforme o nosso gosto, mudar o ecrã inicial, fazendo o relógio tornar-se menos desportivo e mais formal. Há também a realçar os materiais aqui empregues, que dão a este relógio uma resistência de assinalar. A carcaça é de poliamida reforçada com fibra de vidro, a esfera em cristal de safira e o bisel de titânio de grau 5, o que o torna numa autêntica máquina de resistência.

Continuando no ecrã, nota para o facto de o mesmo ser tátil, o que, no nosso entender, pouco ou nada acrescenta ao relógio. Para além de apresentar um pouco de 'delay' na hora de passar de opção em opção, a navegação através do ecrã torna-se algo desconfortável, pois é evidente que a mesma é bem mais fácil através dos três botões colocados do lado direito. E não tem mesmo nada que enganar!

Relativamente à bateria, este será talvez um dos pontos mais fortes deste modelo. A Suunto promete um relógio com 18 horas de bateria em modo de treino ao máximo desempenho e 140 horas (cerca de seis dias) nos modos de treino em poupança. Já se a utilização for feita de forma faseada, com treinos e utilização no dia a dia, este relógio atinge marcas incríveis. Por exemplo, no nosso caso, com treinos quase todos os dias durante uma semana (sempre com o GPS no melhor desempenho), a bateria nem a metade tinha chegado... Para mais, se a forma como é gasta é bastante lenta, o carregamento é o total oposto, pois num ápice temos o relógio a 100%.

O interface

Aqui a lógica habitual da Suunto mantém-se, mudando apenas pela existência de opções que não existem noutros modelos menos avançados da marca. Por isso, clicando para baixo poderemos ver os passos dados e as calorias queimadas, o tempo de treino semanal e de recuperação, a altitude, pressão atmosférica e temperatura ambiente e as horas de sono. Já o botão oposto permite-nos aceder aos restantes widgets, exercício, navegação, registos de treino, temporizador e definições. Basicamente o mesmo que está disponível no Spartan Trainer Wrist HR, um modelo que também testámos. A grande diferença acaba por ser, claro, o que está por debaixo do 'capô', que é como quem diz as funções que temos à nossa disposição.

Atividades e navegação

A nível das atividades físicas que temos ao nosso dispor, o Spartan Ultra segue a linha habitual dos relógios multidesportos da Suunto, oferecendo aos utilizadores mais de 80 opções de desportos diferentes, dos mais normais ao menos vistos por estas bandas. Por aqui... pode fazer de tudo um pouco. Há a realçar, por exemplo, a natação, que conta com precisão no cálculo tanto em piscina como em águas abertas. Neste aspeto, nota para o facto de este relógio ser resistente até 100 metros de profundidade.

Quando vamos para a atividade em si, nada de novo a realçar de diferente em relação ao que já tínhamos dito na análise ao Trainer: notável rapidez a captar o sinal de GPS e mil e uma telas de dados para irmos conferindo aquilo que estamos a conseguir fazer no nosso treino. Através do site podemos até mudar os dados que aparecem, tornando o relógio totalmente personalizado ao nosso gosto.

Munido tanto do sistema de localização GPS como do GLONASS, o Spartan Ultra faz valer a presença do altímetro e do barómetro para nos dar uma precisão barométrica excelente, sendo até possível escolher qual a opção que pretendemos neste particular. Podemos trabalhar só com GPS ou GLONASS; e também escolher entre altímetro e barómetro. Tudo para definir no Movescount, o site onde podemos mudar de tudo um pouco neste relógio. Há também a possibilidade de deixar este tipo de opções em "automático", ainda que o conselho que damos é que defina este tipo de opções com base nos treinos que fará. Se o treino for de sobe e desce, o ideal é usar o altímetro; se for em cidade ou caminhada, o melhor é optar pelo modo automático; se, pelo contrário, o trabalho for de pista, o melhor é colocar o barómetro a registar os dados, pois assim evita-se que o relógio detete elevação... quando a mesma nem existe (a diferença é que este altímetro barométrico faz a sua contagem baseada na pressão atmosférica e não no GPS).

De resto, continuando na questão da localização, refira-se que neste relógio é possível carregar um percurso através do Movescount e fazer a navegação no relógio. Fizemos o teste e a resposta foi claramente positiva. Podemos igualmente acompanhar a altimetria do percurso em causa, o que pode ser uma ferramenta interessante para quem quer imprimir certos ritmos em fases específicas.
 
Aplicação móvel e site Movescount
 
Neste aspeto nada de novo em relação ao que já dissemos na anterior análise. A aplicação é bastante pobre, apresentando apenas os dados mais normais sobre os treinos. Já no site temos outro tipo de opções, numa plataforma que permite conferir todo o tipo de dados sobre os nossos treinos, para lá de termos a possibilidade de desenhar percursos para posteriormente os carregar para o relógio ou definir treinos específicos para fazer. Neste aspeto, e ao contrário do que dissemos na análise ao anterior modelo que testamos, os relógios da Suunto não nos permitem programar treinos compostos (fartlek, por exemplo). Basicamente só podemos definir um período de aquecimento e arrefecimento, séries de treinos específicas e de descanso...
 
Voltando ao telemóvel, nota para o facto de, tendo ambos os dispositivos sincronizados, podermos receber notificações de todo o tipo de aplicações que tenhamos (WhatsApp, Facebook, Instagram, emails, etc.). Podemos escolher aquelas que queremos receber ou, por outro lado, desligá-las por completo.
 
Ainda a nível de funcionalidades, por ser um relógio para aventureiros, temos igualmente a opção de ativar alertas de tempestade, algo que (felizmente) não tivemos oportunidade de testar. Há igualmente a possibilidade saber a hora do dia em que o sol nasce e se põe, para lá de podermos até receber notificações desses momentos.
 
Conclusão
 
Bastante admirado e utilizado pelos aventureiros das montanhas e dos trilhos, o Spartan Ultra é ideal para quem precisa de um relógio robusto e resistente, com uma bateria duradoura, uma navegação precisa e mil e uma opções para explorar. Acaba por ser uma opção a ter em conta para esse tipo de atletas, mas já nem tanto para quem apenas faz provas de estrada, pois a maior dos seus recursos não são colocados em ação e, por isso, acaba por ser desnecessário um investimento tão alto neste equipamento. Até porque há opções a um preço mais acessível no mercado, até da própria Suunto.

Dados finais

- Bateria com duração até 18 horas em atividade com a melhor precisão de GPS. Em modo de poupança esse valor ascende às 140 horas.
- Navegação com GPS/GLONASS
- Resistente à água até 100 metros de profundidade

Medidas: 50 x 50 x 17 mm
Peso: 73 gramas

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão