Saiu para correr e acabou detida duas semanas por... ter cruzado a fronteira

Já imaginou se um dia decide sair para fazer um 'jogging', acaba por se distrair e cruzar a fronteira para o país vizinho e, por causa desse problema, é obrigado a passar duas semanas detido? É certo que por cá tal não sucede em face da livre circulação de pessoas, mas nos Estados Unidos essa situação aconteceu mesmo!

A pessoa em causa foi uma jovem francesa de 19 anos, de seu nome Cedella Roman, que a 21 de maio decidiu sair de manhã para fazer uma pequena corrida na zona de White Rock - onde a sua família mora -, logo ali ao lado da fronteira com os Estados Unidos. Sem se aperceber dos sinais, Cedella acabou por cruzar a delimitação entre ambos os países e foi logo travada pela polícia fronteiriça. E para piorar a situação, a jovem não levava consigo qualquer documentação.

"Um agente mandou-me parar e disse-me que tinha cruzado a fronteira de forma ilegal. Disse-lhes que não tinha sido de propósito e que não percebi o que se estava a passar. Nesse momento pensei para mim que ia apenas escapar com uma multa, iam mandar-me simplesmente de volta para o Canadá ou iriam advertir-me", declarou, à Radio-Canada. Só que não foi bem assim.

Levada para o posto de polícia mais próximo, a jovem seguiu depois para o centro de detenção de Tacoma, a mais de 200 quilómetros de onde havia sido detetada. "Puseram-me num daqueles veículos de prisioneiros e levaram-me para o centro de detenção. Pediram-me para tirar todos os meus pertences e revistaram-me por todo o lado. Percebi que estava a ficar bastante sério e acabei por chorar", recordou.

Cedella Roman acabou por conseguir contactar a sua mãe e esta de pronto levou-lhe os documentos necessários para a sua libertação. Pensou-se que estava tudo resolvido... mas ainda havia muito para esperar. É que as autoridades norte-americanas alegaram que apenas poderiam libertar a jovem caso os documentos fossem validados pelas autoridades de imigração do Canadá, algo que demorou duas semanas a suceder.

Portanto, já sabe: se algum dia andar perto da fronteira do Canadá e os Estados Unidos, tenha muita atenção ao longo onde faz as suas corridas...

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record
 

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão