Paulo Gomes: «É bom correr na nossa terra»

Com um tempo de 30,15 minutos, Paulo Gomes dominou o Grande Prémio de Atletismo da Guarda. O atleta internacional e olímpico, que reside na cidade beirã, cortou a meta com quase minuto e meio de vantagem sobre 2º e 3º, Luís Martins e Rafael Baraças, que cortaram a meta ao mesmo tempo.

"Moro a menos de um quilómetro do local de partida e para mim foi como correr à volta de casa. E é sempre bom correr na nossa terra e, acima de tudo, ganhar", afirmou no final. O corredor de 45 anos atravessa um bom momento de forma e dominou do início ao fim. "Estive a preparar-me para a maratona e acabei por não participar devido a gripe, mas agora estou a colher os frutos dessa preparação", explicou a Record.

Apesar da felicidade pela vitória na prova e pelo sucesso do evento, Paulo Gomes não escondeu algum desalento pelo que considera ser a "falta de apoios ao atletismo numa cidade que já deu à modalidade vários campeões como Pedro Martins e Inês Monteiro". Ainda assim, acredita que "esta corrida, da forma como foi realizada, pode ajudar a catapultar o atletismo para um patamar mais elevado".

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record
 

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão