Patrícia Pereira: «Objetivo é incentivar os jovens»

Antiga recordista dos 800 metros em sub-23, Patrícia Pereira, que correu de forma individual, não deu qualquer hipótese à concorrência, terminando a prova de forma destacada. "Achei o percurso fácil e agradável. Estava à espera de mais subidas", analisou a atleta, de 35 anos. Enfermeira de profissão, Patrícia assume que "já não corre por títulos", mas sim para ser um exemplo para os mais novos. "Fico muito agradada por ver aqui tanta gente. É muito importante que todos tenham atividade física, não só para manterem a forma, mas principalmente para terem saúde mental, que é ainda mais importante. É essa a mensagem que pretendo passar, incentivando o meu filho a praticar desporto. Esse é o meu grande objetivo", sublinhou.

Com um passado recheado de muitas corridas, mas também de muitas conquistas, Patrícia Pereira achou a prova de Soure bastante agradável. "Costumo participar em algumas provas deste género. Esta, por ser à noite, foi muito agradável", constatou, sempre de olhos postos no filho David, de 12 anos, que estava, claro, muito orgulhoso da mãe. Quem sabe não estará ali um futuro campeão?

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão