Pacer de Maratona na Malásia escapa à morte de forma incrível

Realizada este fim de semana em condições atmosféricas bastante adversas - uma prova de 10k que se realizava em paralelo foi mesmo cancelada -, a Penang Bridge International Marathon (Malásia) ficou marcada por uma incrível história a envolver o 'pacer' das 4:30 horas.

Disputada conforme dissemos pelo mau tempo, com fortes chuvadas e muito vento, a prova foi também acompanhada por vários raios, tendo um deles atingido em cheio o balão que Cheng Kean Wee transportava, quando faltavam cerca de três quilómetros para a linha de meta. E o mais incrível de tudo é que, ao que parece, o próprio corredor... nem se apercebeu.

"Iniciámos a maratona pelas 11:30 e terá começado a chover torrencialmente por volta do quilómetros 31. Conseguíamos ouvir os raios ao longo do percurso nessa fase. Enquanto nos aproximávamos do final, vi um clarão e ouvi um enorme estrondo. Nesse momento senti as minhas costas mais leves... Aí, um dos corredores que seguia comigo apontou para o balão, que tinha acabado de ser rebentado", revelou o atleta de 32 anos, ao jornal 'The Star', dando a entender que efetivamente nem se apercebeu que tinha acabado de ser atingido por um raio (provavelmente o balão estaria bastante solto por causa do vento).

Refira-se que, apesar das péssimas condições, e também do enorme susto que apanhou, Cheng Kean Wee conseguiu cumprir a sua missão, levando o seu grupo a cruzar a meta em 4 horas e 29 minutos. Mas mais importante do que ter cumprido a sua tarefa certamente que será o facto de ter sobrevivido a tal momento assustador.

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record
 

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão