Os incríveis números do recorde de Abraham Kiptum

Tal como o recorde da maratona, que até há mês e meio parecia praticamente impossível de bater, também a melhoria do máximo da meia era vista como algo difícil de atingir. Uma perceção que mudou este domingo, quando o queniano Abraham Kiptum 'decidiu' voar nas ruas de Valência. Retirou cinco segundos ao máximo que perdurava desde 2010 e fixou registos absolutamente incríveis nos parciais que foi atingindo. Vamos desconstruí-los abaixo e também deixar algumas observações... surpreendentes.

Tempos de passagem:

5 km : 13'56" (2'47/km)
10km : 28'02" (2'48/km)
15km : 41'38" (2'46/km)
20km : 55'18" (2'45/km)
21,097km : 58'19" (2'45/km)

Tempos a cada 5 km

13'56" (2'47/km)
14'06" (2'49/km)
13'36" (2'43/km)
13'40" (2'43/km)

Parciais de 10 km

28'02" (0-10k)
27'44" (5-15k)
27'16" (10-20k)

Velocidade média: 21,70km/h
53 x 400m em 66 segundos
21 x 1000m em 2'45"
7 x 3000m em 8'17"
4 x 5000m em 13'49"
2 x 10km em 27'38"

Os números chegam para assustar? Então saiba que os parciais que Kiptum foi fixando permitiam-lhe, por exemplo, com o registo entre os 10k e os 20k (27:11) qualificar-se para a prova dos 10000 metros dos Jogos Olímpicos! De resto, este ano apenas Rhonex Kipruto conseguiu correr uma prova de 10k em estrada mais rápido do que os derradeiros 27:16 de Kiptum e recentemente, em Durban, o suíço Julien Wanders fixou o novo recorde europeu dos 10k em 27:32, 16 segundos mais lento do que um Kiptum já com dez quilómetros nas pernas!

Um loucura!

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão