O urso que roubou a vitória em maratona no Canadá

Brendan Morphet liderava de forma confortável a Yukon River Trail Marathon no Canadá quando, já na fase final, encontrou algo bem mais assustador do que o habitual muro que por vezes surge nas provas deste género: dois ursos. Sim, leu bem! O líder da prova foi travado pela presença de dois imponentes animais, que o obrigaram a voltar para trás e procurar uma via alternativa para seguir caminho.

"Gritei, gritei... Mas eles não se mexiam. Pensei para mim 'talvez se gritar de novo eles desistam'... E depois, quando voltei a tentar seguir, percebi que ele estava a vir na minha direção, quase como se estivesse a fazer uma pequena corrida. Depois disso... desapareci dali!", relatou Morphet, à CBC News. Ora, com este pequeno (gigante, melhor dito...) percalço, o corredor acabou por perder a liderança, ainda que tenha cruzado a linha de meta no segundo posto, com 3:26:51 horas, a cerca de dois minutos da vencedora Denise McHale.

De resto, confrontada com a situação, a direção da prova deixou claro que não fará qualquer ajuste de tempos. "É uma corrida selvagem. Há ursos, tal como existiram no passo. Sempre fomos claros de que há ursos no percurso e os corredores têm de estar confortáveis com essa situação", declarou Ken Sylvestre.

E o leitor, tem por hábito encontrar algum tipo de animais pelo caminho? Alguma vez teve algum susto? Conte-nos as suas experiências...

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão