Maratona do Porto revoltada com Turismo de Portugal

A organização da Maratona do Porto expressou esta segunda-feira a sua revolta perante a resposta dada por parte do Turismo de Portugal, que em face ao pedido de apoio feito pela Run Porto decidiu declinar qualquer tipo de auxílio, por considerar que a mesma não reúne as condições necessárias para tal apoio.

Um auxílio que havia sido pedido pela organização da prova em face da projeção internacional que a Maratona do Porto vem tendo, com mais de sete mil atletas inscritos para a edição deste ano, 41% deles de origem estrangeira (segundo a organização estarão presentes atletas de 72 nacionalidades). Dados que acabaram por ser insuficientes e que determinaram a recusa no apoio à prova.

"Embora a EDP Maratona do Porto apresente um número de participantes que não seja de menosprezar, a sua realização não contribuirá para a projecção internacional de Portugal em ativos de reconhecida importância nem terá capacidade para incrementar significativamente os fluxos e as receitas turísticas", comunicou o Turismo de Portugal à organização da Maratona do Porto.

Em resposta,a  Run Porto mostrou-se revoltada com a decisão estatal. "A Runporto.com não concorda com esta declaração e demonstra a sua revolta em relação a esta falta de apoio de uma entidade que deveria apoiar os projetos que contribuem para o crescimento do turismo em Portugal, como é o caso da EDP Maratona do Porto", pode ler-se na reação da entidade que organiza a Maratona do Porto, prova que este ano será palco do Campeonato Nacional da Maratona.

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão