Loulé quer mais e melhor desporto

Autor: Armando Alves

Pedro Pimpão, vice-presidente da Câmara Municipal de Loulé, mostrou a sua satisfação por o município receber "mais um grande evento inserido numa estratégia que temos seguido desde que fomos Capital Europeia do Desporto, em 2015".

Segundo o autarca, "Loulé reúne condições para a prática de várias modalidades desportivas, pois é dos poucos concelhos do Algarve que vai da orla marítima à serra".

Por isso, sustenta, "aqui podem disputar-se competições de atletismo, ciclismo, futebol, desportos de mar e muitos outros desportos, pois aliamos excelentes condições naturais a um apreciável conjunto de infraestruturas, sem esquecer a oferta hoteleira, das mais amplas do país, e as boas acessibilidades".

A Meia-Maratona de Vilamoura tem vindo a crescer e, para Pedro Pimpão, "faz todo o sentido apoiar um evento com condições para se afirmar não apenas a nível interno mas também no panorama internacional".

O desporto, diz o autarca louletano, "promove e valoriza o território e traz receitas. Queremos que as pessoas venham aqui competir e, se quiserem, também viver, fazendo a sua preparação nesta terra".

Jorge Santos, presidente da Associação de Atletismo do Algarve, elogia "o empenho da Câmara de Loulé no sentido de fazer crescer esta prova, pois são poucas as meias-maratonas que têm um atleta com uma marca de 1h1m entre os participantes".

O dirigente associativo acredita que "Vilamoura reúne todas as condições para, degrau a degrau, solidificando o seu estatuto ano a ano, vir a ascender a um estatuto cada vez mais importante, tornando-se numa referência do nosso calendário".

Isto numa altura em que o Algarve se prepara "para receber o tradicional Crosse das Amendoeiras, dentro de dois meses, assim como a Taça dos Campeões Europeus de crosse, uma competição de grande relevo".

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record
 

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão