Ladan Wanjiku: «Procurei impor o meu ritmo»

O esperado aconteceu, com o queniano Ladan Wanjiku a vencer de forma confortável a Meia-Maratona de Vilamoura, embora longe do seu melhor tempo, algo que o atleta justificou por "problemas gástricos sentidos ao longo da corrida, pois sem isso completaria o percurso mais rapidamente".

Ainda assim, Ladan geriu sem aparentes dificuldades uma vantagem que cedo foi notória. "Procurei impor o meu ritmo e mais à frente, quando os problemas gástricos se manifestaram, tive de reduzir o andamento, mas sabendo que tinha todas as condições para ganhar", adiantou, elogiando "a organização e a qualidade do percurso".

O melhor português foi Jorge Varela, do Areias de São João, clube de Albufeira. "Venci a primeira edição mas não está fácil voltar a ganhar, até porque a prova tem chamado a atenção de gente com muito valor... Ainda assim, ficar no pódio constitui sempre um registo agradável", referiu o atleta. O tempo "estava muito abafado, com níveis elevados de humidade, o que me causou dificuldades, num traçado muito bem desenhado e com uma organização que merece rasgados elogios".

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record
 

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão