Japonês quebrou recorde que perdurava há 40 anos

Era o recorde de atletismo que há mais tempo estava intocável, mas no último fim de semana caiu mesmo... Falamos do máximo mundial dos 100 quilómetros, que no domingo foi finalmente derrubado pelo japonês Nao Kazami, com uma impressionante marca de 6:09:14 horas, conseguida na Ultramaratona Lake Saroma.

Um registo que tira um minuto e seis segundos do anterior máximo, que havia sido fixado por Don Ritchie em 1978 (percurso feito em pista), e mais de quatro minutos ao recorde de estrada, que estava na posse do também japonês Takahiro Sunada, de 1998 (6:13:33).

Foram 40 anos de espera até à queda deste recorde, que ainda assim permanece em dúvidas quanto à sua homologação, já que a IAAF poderá não aceitá-lo devido ao facto de o percurso não estar de acordo com as regras da entidade que rege o atletismo mundial.

Refira-se que nesta prova marcou presença Yoshiki Kawauchi, irmão do famosíssimo Yuki Kawauchi, tendo terminado no quinto posto, com um tempo de 6:28:35 horas.

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record
 

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão