Caminhar para depois correr

20SET 10h15

(Ao longo das próximas semanas, e até à realização da São Silvestre El Corte Inglés, Record vai trazer-lhe uma série de artigos para o ajudar a preparar-se da melhor forma para a nossa prova, quer seja um atleta que está a começar (ou a pensar fazê-lo), quer seja alguém que pretende bater os seus melhores tempos. Todas as semanas, sempre à terça-feira, com a assinatura da treinadora Diana Fernandes.)

"Até gostava de começar a correr para fazer algumas provas de 5 e 10 quilómetros, mas o processo é extremamente doloroso, fico desmotivado(a) e acabo por colocar em segundo plano esta ideia".

Esse desabafo é muito comum nos dias de hoje e o denominador comum é quase sempre o mesmo: falta de adaptação e progressão nos treinos.

Exatamente! O que te separa de conseguir completar um conjunto de treinos e manter-te motivado para continuar é o tipo de treino que vais fazer.

Se estás a começar agora no mundo da corrida, ou mesmo se já cá estiveste mas queres voltar, o ideal é começar pelo mais fácil e básico, porém essencial: a caminhada.

Certamente deverás estar a pensar: "isso é demasiado fácil para mim", porém mais à frente vais entender o motivo pelo qual ela foi essencial no princípio.

Durante uma semana, trata de sair pelo menos 3 vezes para realizar a caminhada. O objetivo é que ela no mínimo dure 20 minutos e que se alterne entre caminhada rápida e moderada.

Uma vez finalizada a nossa primeira semana, passamos para o próximo nível onde poderemos estar pelas próximas 2 semanas, intercalando caminhada com corrida, com a possibilidade de fazer blocos de 5 minutos de caminhada com uma corrida lenta de 30 segundos.

Esses blocos podem ser repetidos entre 4 a 10 vezes; o tempo de caminhada e em trote lento poderá ser alterado não superando os 60 segundos.

Nestas semanas de treino, o objetivo é perceber como responde o meu corpo com o estímulo da corrida, aprender a respirar e, sem perceber, já estarás a fazer o teu treino de ritmos e melhorando a tua condição física.

Também é importante introduzir rotinas de treino de mobilidade e estabilidade; 'core'; controlo motor e exercícios de força unilateral, para que os efeitos sejam potencializados e comeces a sentir mais rapidamente as adaptações que o teu corpo está a 'sofrer' para melhor!

Para já, temos um bom TPC para fazer é começar a fase da introdução a corrida.

Bons treinos e até já,

La Coach

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão

Notícias mais vistas

27SET 10h41 São Silvestre El Corte Inglés

O salto dos 5 para os 10 quilómetros: as mudanças a ter em conta

01OUT 11h56 Histórias de superação

Maratona de Berlim: a experiência de Marisa Francisco