Caso dos emails: CM revela as conversas do Benfica adulteradas no Dragão

23JUN 11h35

O Ministério Público e o juiz Carlos Alexandre consideram que o diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques (FJM), ao alterar e truncar o conteúdos dos emails do Benfica, pretendeu criar a ideia de que o clube da Luz influenciava as decisões e a escolha dos árbitros.
O Correio da Manhã revela hoje as conversas do Benfica adulteradas no Dragão

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão