Samuel Barata fica a um segundo do recorde nacional dos 10 quilómetros

09JAN 10h34

Samuel Barata fixou este domingo a segunda melhor marca da história de Portugal nos 10 quilómetros, ao ser nono nos 10k Ibercaja, em Valência, com 28.12 minutos. O atleta do Benfica, de 28 anos, ficou a somente um segundo do melhor registo nacional de sempre, que está na posse de Fernando Mamede desde  1985, com os 28.11 conseguidos em Londres.

Para lá de Barata, que nesta prova melhorou em 18 segundos o seu melhor registo pessoal (tinha 28.30, fixados precisamente em Valência, no ano passado), também Luís Saraiva esteve em bom plano ao ser 28.º, com um tempo de 28.40 minutos que representa também um novo máximo pessoal para o atleta do Sp. Braga (tinha 29.39, fixados nos Nacionais de estrada de 2020).

Com a marca conseguida, Samuel Barata tem apenas Mamede à frente, como dissemos, deixando para trás nomes como António Pinto (28.16) e Ezequiel Canário (28.27). Há ainda um tempo de Carlos Lopes nas contas (28.17), mas a marca foi obtida num percurso que não obedeceu às regras de homologação.

Quanto ao triunfo absoluto, nos homens foi para o queniano Daniel Simiu Ebenyo (26.58), ao passo que nas senhoras a vitória foi para a também queniana Norah Jeruto Tanui (30.35).

Recomendadas

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão