Jorge Mendes e Deco suspeitos de luvas de 5 milhões na transferência de Tapsoba, avança o 'Correio da Manhã'

25NOV 08h47

O empresário Jorge Mendes e  Deco estão na mira da justiça por suspeita de terem recebido luvas milionárias, avança o 'Correio da Manhã'. Em causa está a transferência que levou o defesa Tapsoba do Vitória de Guimarães para o Bayer Leverkusen. Foram alvo de buscas num processo que tem na direção o juiz Carlos Alexandre, que tem como denunciante Rui Pinto, e numa ação que decorreu no dia em que outra terminou: Rosário Teixeira também esteve em Braga, na operação Cartão Azul, a fazer buscas ao escritório de Bruno Macedo, que também é alvo na operação Fora de Jogo.

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão

Notícias