Hermano Ferreira: «Objetivo era meter um ritmo rápido e ter boas sensações»

21NOV 16h43

Melhor português numa edição histórica da EDP Meia Maratona de Lisboa, Hermano Ferreira saiu com a sensação de dever cumprido da prova da capital. Com 1:03.29 de marca final, o veterano atleta de 39 anos usou a 'meia' lisboeta para testar forma tendo em vista os objetivos futuros e asume que não podia ter saído mais satisfeito.

"As sensações são boas. Tenho feito um bom trabalho. Era para ir à Maratona de Lisboa, mas tive alguns problemas e tive de abortar. Passámos a um plano B, que será Valencia. Vou tentar confirmar marca para o Europeu. Já tenho marca mas a Federação fez o favor de encurtar o período de qualificação. Gostaria de estar presente, para a despedida. Vou tentar, mas se não conseguir não é uma frustração porque tudo o que faça agora é um bónus. Já não tenho de provar nada a ninguém. Tenho 39 anos, venho aqui e faço 1:03 com 39 anos... A bem dizer, agora é prova a prova a desfrutar ao máximo, mesmo competindo. Hoje fiz isto e daqui a 15 dias na maratona espero ser feliz. Quero acabar sem lesões", desejou o atleta luso, em declarações a Record.

O atleta da Escola de Atletismo de Coimbra assumiu ainda que o registo final o satisfaz. "Era a marca que pretendia. Já tenho alguns anos disto e experiência, sabia que valia entre 1:02 e 1:04. Consoante o tempo e companhia, pois sozinho é difícil fazer. Arranjei um grupo porreiro para 1:03.30 e deixei-me ir. Numas fases ia confortável, outras em tanto. Mas acabei com a sensação de que podia chegar a 1:02 alto. Mas o objetivo aqui era meter um ritmo rápido e ter boas sensações. No final foi esse o balanço que faço. Estou feliz".

O dia ficou marcado pelo recorde mundial de Jacob Kiplimo e o atleta português assume ser sempre um orgulho estar associado de alguma forma a um feito histórico. "Já tinha estado no ano do Tadese [em 2010]. É sempre um orgulho fazer parte da festa e é um orgulho ser em Lisboa. O nome de Portugal fica nas bocas do mundo. É sempre um orgulho e um reconhecimento à organização na 30.ª edição ser batido o recorde do mundo. Estão de parabéns e ele também."

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão

Notícias