Recordista mundial do lançamento do martelo morre aos 66 anos

14SET 20h21

O atleta Yuriy Sedykh, que detém o recorde mundial do lançamento do martelo desde 1986 e que foi bicampeão olímpico da disciplina, morreu esta tarça-feira aos 66 anos, informou a Federação Russa de atletismo.

"Ao início desta manhã, faleceu, na sequência de um ataque cardíaco, o bicampeão olímpico do lançamento do martelo Yuriy Sedykh. A vida de um dos melhores desportistas do atletismo russo foi interrompida aos 66 anos", indicou o organismo, que expressou o seu "profundo" pesar aos familiares e amigos do lançador, assim como a toda a comunidade do atletismo na Rússia.

Sedykh conquistou o ouro olímpico em Montreal'1976 e Moscovo'1980, mas falhou Los Angeles1984 devido ao boicote soviético. Foi, posteriormente, vice-campeão olímpico em Seul'1988 e campeão mundial em 1991.

O lançador, que representou a União Soviética, é o recordista mundial da disciplina desde 1986, quando, nos Europeus de Estugarda (Alemanha), lançou o martelo a 86,74 metros.

"Yuriy Sedykh parte imbatível. A sua marca de 86,74 metros, estabelecida em Estugarda, figura há 35 anos na lista dos recordes mundiais", lembrou a federação russa.

No livro "O Caso Rodchenkov", dedicado ao sistema de dopagem institucionalizado na Rússia, o antigo diretor do Laboratório de Moscovo, Grigory Rodchenkov, acusou Sedykh de abusar do uso de esteroides para melhorar o seu rendimento, algo que o desportista negou sempre categoricamente.

Recomendadas

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão