Manuel Mendes espera que se alinhem os astros

25JUL 13h38

A entrevistada Carina Paim passou-lhe a bola - como brinca o maratonista - e Manuel Mendes não se poupa na troca de galhardetes: "Não quero colocar pressão em ninguém, mas estamos a falar de uma atleta que tem um potencial enormíssimo e que tem pela frente uma bela carreira, que ainda agora começou. Não tenho dúvidas de que estará a fazer uma excelente preparação para estar ao mais alto nível nestes Jogos."

Assim como todos os compatriotas, considera o atleta paralímpico que também estará em Tóquio. "Darão o melhor que conseguirem. Os Jogos são o ponto alto de qualquer atleta, pelo que trabalharão todos no limite das suas capacidades", acredita, sem não deixar de confessar que esta é uma máxima que também lhe é muito própria: "Desde que me juntei ao desporto paralímpico, tenho o mesmo propósito. Quero sempre treinar nos meus limites, ir em busca do melhor de mim. Tenho na cabeça que sou o meu maior rival, sendo que o meu objetivo é superar-me a cada dia, a cada prova."

Aos 50 anos, o medalha de bronze no Rio‘2016, está a fazer figas para que se "alinhem os astros", mas preparado para tudo. "Pode correr bem e pode correr mal. O que prometo é que estou a preparar-me e dedicar-me", garantiu.

Recomendadas

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão