Lorene Bazolo e Patrícia Mamona dão boas indicações em Madrid

19JUN 23h57

Lorene Bazolo (200 metros) e Patrícia Mamona (triplo salto) estiveram este sábado em bom nível no meeting de atletismo de Madrid, que já antes tinha registado boas marcas de outros dois portugueses, Pedro Pichardo e Tiago Pereira, igualmente triplistas.

Bazolo classificou-se no quinto lugar nos 200 metros do meeting internacional da capital espanhola, com a marca de 23,33 segundos, o que a aproxima mais da qualificação olímpica. Para a atleta, este é mesmo o melhor registo pessoal do ano na distância, consolidando a sua posição de atleta dentro da quota dos que vão ser apurados por ranking para Tóquio'2020. Bazolo está igualmente dentro da quota olímpica nos 100 metros e terá no próximo fim de semana mais uma ocasião para pontuar, nos Campeonatos de Portugal, competição que bonifica consideravelmente os vencedores.

Outro bom resultado do grupo de lusos que se deslocou a Madrid foi o de Patrícia Mamona no triplo salto, com a campeã europeia indoor a ser terceira com o registo de 14,47, só superado para inacessível venezuelana Yulimar Rojas, que saltou 15,34, e pela francesa Ruiguy Diallo, com 14,51.

Mais cedo, Pedro Pichardo tinha sido segundo no triplo salto, com 17,69 metros, melhor marca mundial do ano (o burquinense Zango ganhou com um salto com vento irregular) e Tiago Pereira terminou em sexto, com 16,96, reforçando também a sua posição no ranking.

A correr na série B de 400 metros barreiras, Vera Barbosa foi segunda com 56,46, o seu melhor registo da época e também a garantir melhoria no ranking.

Diogo Ferreira foi sétimo no salto com vara, com 5,10 metros, Leandro Pereira sétimo no lançamento do dardo, com 75,28, e Mauro Pereira terceiro na corrida B de 400 metros, com 47,05 segundos.

Na final dos 100 metros, Carlos Nascimento foi quinto, com 10,48, e Diogo Antunes sexto, com 10,77.

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão