Portugal só depende de si para seguir em frente: as contas do apuramento para os 'oitavos'

19JUN 22h59

Com a derrota diante da Alemanha, Portugal complicou a sua missão no Euro'2020, mas mesmo assim continua a depender apenas de si para se apurar. Uma vitória na última ronda, diante da França, basta para assegurar o apuramento para os 'oitavos', mas até o empate (ou a derrota) podem chegar para ser, pelo menos, um dos melhores terceiros. Mas aí, bem à maneira portuguesa, vamos ter de puxar da calculadora para não sermos surpreendidos.

Mas desde logo há um aspeto importante a ter em conta. Quando entrar em campo na quarta-feira, Portugal já saberá o que é ou não necessário fazer para pelo menos seguir em frente como um dos melhores terceiros. São as vantagens de estar no último grupo de todos, o F... Mas já lá vamos.

O primeiro cenário de apuramento é vencer diante da França. Aí não há margem para dúvidas: Portugal chega aos 6 pontos e garante desde logo a passagem, ficando aqui apenas em questão qual será a seleção que nos acompanha para a ronda seguinte diretamente, se a Alemanha, se a França. Neste aspeto, com a vitória portuguesa em Budapeste, na quarta-feira, a Alemanha seguirá para os 'oitavos' apenas se vencer a Hungria. Aí, até finalizaria em primeiro, por ter vantagem no confronto direto com Portugal.

E se o jogo com a França acabar em empate? Aí Portugal acaba a fase de grupos com 4 pontos e na pior das hipóteses será terceiro colocado no grupo, muito provavelmente um dos melhores, mas terá sempre de ter em atenção esse ranking particular, no qual no final desta segunda jornada surge como primeiro colocado.

Se houver uma derrota aí o cenário torna-se mais complicado, mas não impossível. O primeiro ponto a ter em conta é que, perdendo com a França, Portugal tem de torcer obrigatoriamente por uma vitória ou empate da Alemanha diante da Hungria. Nesse caso os húngaros acabam em último com 1 ou 2 pontos e sem chances de chegarem ao terceiro posto. Superado esse 'pormenor', 'basta' conferir o ranking dos melhores terceiros colocados, que nessa altura já estará definido, exatamente por o Grupo F ser o último a fechar.

O ranking dos terceiros colocados (após a 2.ª jornada):

1. PORTUGAL, 3 pontos/2 jogos (5 GM/4 GS; +1)
2. Áustria, 3/2 (3/3; 0)
3. Finlândia, 3/2 (1/1; 0)
4. Espanha, 2/2 (1/1; 0)
5. Croácia, 1/2 (1/2; -1)
6. Suíça, 1/2 (1/4; -3)

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão