Atleta denuncia assédio: «Aproximaram-se de mota e o homem que seguia atrás agarrou-me o rabo»

25FEV 11h03

Sarah McDonald, campeã britânica dos 1.500 metros em 2019, denunciou nas redes sociais uma situação de assédio que foi vítima quando treinava ao ar livre. Sarah contou que dois homens passaram por ela de mota e que um deles lhe tocou no traseiro.

"Enquanto treinava ao lado do rio, dois homens aproximaram-se de mota, reduziram a velocidade para que o que seguia atrás pudesse agarrar-me o rabo", contou a atleta, que ganhou o ouro na estafeta mista nos Europeus de 2017 e 2019, nas redes sociais.

Sarah quis deixar uma mensagem de alerta. "Como atleta já me assediaram e já me gritaram coisas, mas isto foi completamente diferente, Felizmente não estava sozinha naquele momento, caso contrário podia ter sido pior. Até hoje tinha-me sentido sempre confortável a treinar sozinha, mas isto foi uma chamada de atenção. Estejam atentos e cuidem-se", acrescentou.

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão