Mathieu e a passagem pelo Barcelona: «Agora todos atacam o Lenglet e sei bem o que isso é»

23FEV 08h34

Jérémy Mathieu, que terminou a carreira no ano passado ao serviço do Sporting, devido a lesão, representou Barcelona durante três épocas e, entrevista à rádio RAC1, abordou a passagem pelo clube catalão. O antigo defesa-central francês lembra a forma como foi criticado na sua última época em Camp Nou e o porquê de ter optado por rumar a outro clube. 

"Passei muito mal durante a última época [2016/17] no Barça. Tinha a sensação de que a derrota em Turim [com a Juventus, nos 'quartos' da Champions] foi culpa minha, mas não entendo porque me atacaram. O futebol são onze jogadores. Sentia-me sozinho no balneário. Ninguém me apoiava e, para mim, isto não é futebol. Agora todos atacam o Lenglet e sei bem o que isso é. Deve tentar ser positivo para dar a volta e fazer o seu trabalho da melhor forma possível", explica Mathieu. Lenglet que, recorde-se, cometeu no domingo um penálti nos minutos finais que originou o empate (1-1) do Cádiz em Camp Nou.

"Eu preciso de afeto e no Sporting tive-o, incentivavam-me, mas no Barcelona nada. Por exemplo, num jogo contra o Málaga cometi um erro, ninguém me disse nada no dia seguinte, nada, nem uma frase", acrescenta o antigo defesa do Sporting. 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão