Toby Price e a espera pelo socorro a Paulo Gonçalves: «Os 8 minutos mais longos da minha vida»

14JAN 11h37

Toby Price foi o primeiro piloto a chegar junto de Paulo Gonçalves, tragicamente falecido no último domingo, na 7.ª etapa do Dakar. O piloto australiano já tinha explicado num longo texto publicado no Instagram o sucedido, mas voltou a abordar o assunto, agora aos jornalistas que acompanham a prova, recordando que em 2017, quando sofreu uma fratura numa perna durante a prova, Paulo Gonçalves parou para o ajudar.

"A queda foi numa zona rápida e plana. Era um espaço amplo. O alarme do meu GPS disparou, olhei em frente e vi uma mota caída ao longe", recorda o piloto.

"Nunca é bom cair ali porque é uma zona que convida à velocidade. Aproximei-me, vi que havia um piloto no chão, de início não percebi quem era, mas depois reconheci o Paulo. Sabia que era sério, ele estava mal. Fizemos de tudo, chamámos os helicópteros e informámos a direção da corrida o mais rapidamente possível", contou Toby Price, a quem pouco depois se juntou o piloto Stefan Sviko e Luc Alphand, um antigo piloto que agora trabalha para uma televisão francesa.

"Tentei colocá-lo de lado. Continuámos a chamar por ajuda, disseram-nos que o helicóptero estava a caminho. Tentámos fazer tudo o que pudémos, verificámos os sinais vitais, mas infelizmente não houve resposta. Apenas queríamos que o helicóptero chegasse ali depressa... Foram os 8 minutos mais longos da minha vida, pareceu uma hora", adiantou o desolado piloto australiano.

"Foi duro perder um grande amigo e um grande adversário", lamentou Price, que é o campeão em título nas motas. "Dá-me conforto saber que ficámos lá o máximo de tempo possível. Lembro-me que o Paulo parou para me ajudar quando em 2017 parti a perna no Dakar... Ajudei a colocá-lo no helicóptero e depois precisei de uns 10 ou 15 minutos para reorganizar a minha cabeça e voltar a subir para a mota. Dá-me algum conforto saber que estive lá com ele e as minhas orações vão para a família, para os amigos e para todos os portugueses. Perderam um grande guerreiro, sem dúvida." 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão