Meia Maratona de Tondela bate recordes

06MAI 00h46

Bruno Paixão, do Beja Atlético Clube, e Carla Martinho, do Recreio de Águeda, foram os vencedores da 3ª edição da Meia-Maratona de Tondela.

O atleta alentejano venceu a prova pela 2ª vez consecutiva, enquanto Carla Martinho fez o pleno nas três edições da prova tondelense.

A ‘Meia’ de Tondela 2019 bateu todos os recordes, com mais de 2500 participantes: 350 na Meia-Maratona e cerca de meio milhar na ‘Mini’. Os restantes fizeram a caminhada. A prova saiu do Parque Urbano da cidade e percorreu parte da zona histórica de Tondela, mas passou também pela mítica Nacional 2 e pela Ecopista do Dão, num percurso elogiado por todos. A manhã de sol, com algum calor, foi o maior obstáculo que os participantes tiveram que ultrapassar.

No final, o vencedor masculino, Bruno Paixão, do Beja Atlético Clube, deu os "parabéns à organização pelo percurso, que é fantástico, mas duro, com um desnível acentuado. É uma prova que requer muito equilíbrio por parte dos atletas. Tentei controlar desde início, pois tinha 2/3 adversários fortes, mas senti-me bem e quando me isolei acreditei que ia vencer. Estou a atravessar uma fase boa, na preparação para outras provas, mas este percurso é motivante. Espero voltar no próximo ano e vencer", afirmou o atleta alentejano.

Por sua vez, Carla Martinho, do Recreio de Águeda, vencedora feminina, reconheceu que a competição "foi bastante difícil, devido ao calor e a algum vento. Já fiz muitas provas e as pernas começam a ceder, mas deu para ganhar".

Carla contava "vencer", mas, sublinhou, "durante a prova tudo pode acontecer. O objetivo principal é ganhar, se não der, há que dar os parabéns à adversária". Porém, "quando me convidaram, o objetivo passou por voltar a vencer e estou satisfeita com a terceira vitória consecutiva. Parabéns à organização".

Contacte-nos através do email
: recordptrunning@gmail.com

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão