Grande Prémio do Natal com quatro atletas quenianos e portugueses de elite

23NOV 15h40

A 61.ª edição do Grande Prémio do Natal, agendada para 9 de dezembro, conta já com mais de 3.000 inscritos, numa lista na qual constam quatro atletas quenianos de elite, e os portugueses Hélder Santos e Dulce Félix.

A prova, que ligará Benfica aos Restauradores numa distância de 10 quilómetros, foi hoje apresentada em Lisboa contará com os quenianos Daniel Kipchirchir, e Ladan Wanjiku, e com as suas compatriotas Mercyline Jeronoh e Naomi Vaati Ndolo.

Entre os atletas portugueses, destaque para a benfiquista Dulce Félix, vencedora em 2016, e para o sportinguista Hélder Santos, que triunfou em 2017 e que estará acompanhado pelos seus colegas de equipa Hugo Correia, José Moreira e Paulo Pinheiro.

A competição, cuja primeira edição se realizou em 1946, contra também com a participação dos triatletas olímpicos João Pereira, João Silva, Miguel Arraiolos e Melanie Santos.

Paulo Guerra, detentor de quatro títulos europeus de corta-mato, e Rui Silva, medalhado olímpico e vencedor de duas edições da prova, vão participar simbolicamente.

No ano passado, a prova, que terá um cariz solidário com um euro de cada inscrição a ser entregue à Fundação Portuguesa de Cardiologia, foi ganha por Hélder Gomes, e Sara Moreira, ambos do Sporting.

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão