Comportamentos de maratona

 
Correr uma maratona é um grande desafio. Quem realmente gosta de corrida deve correr uma maratona pelo menos uma vez. Esse feito dar-lhe-á uma sensação única. No entanto, correr uma maratona não é uma decisão de última hora, pois a sua execução exige meses de treino e dedicação. Se já decidiu enfrentar a distância, treinou-se convictamente para ela e não tem quaisquer lesões que o atormentem, este é o momento para, calmamente, pensar na prova de uma forma diferente, agora que ela está aí à porta.
Antes da maratona
Estabeleça um objectivo realista e prepare uma estratégia de corrida. Como este é o último dia do processo de abrandamento no treino, evite correr, procure descansar e relaxar. Se a ansiedade for muito grande, faça um passeio no parque. Comer carbohidratos durante os últimos três ou quatro dias antes da maratona é uma boa opção. 24 horas antes da prova procure fazer refeições ligeiras e tenha atenção aos alimentos, procurando sempre os de absorção mais rápida. 
Acima de tudo evite alimentos que nunca tenha experimentado anteriormente. Mantenha tudo o que lhe é confortável, sem invenções. Um alimento a que está pouco habituado pode estragar-lhe a sua longa preparação. 
Não fique obcecado com a sua prova. Procure algo interessante, como assistir a um filme ou ler um livro que ache inspirador. Beba bastantes líquidos durante todo o dia. Duplique o seu consumo de água.
Prepare o seu equipamento de corrida, certifique-se que lhe assenta muito bem. Prepare a sua mochila de corrida com calma. Coloque o seu dorsal e chip de cronometragem, os alfinetes para o dorsal, algumas barras de proteínas e uma bebida isotónica. 
Certifique-se de que tem tudo que necessita para o seu café da manhã.
Prepare-se mentalmente para a corrida, mas evite ficar obcecado com ela. Mantenha a calma, a concentração e sinta-se convicto do passo que está prestes a dar. 
Mantenha-se afastado do álcool, tabaco e cafeína.
Deve deitar-se cedo na véspera da sua corrida, para que possa acordar cedo e bem-disposto. Umas boas 8 a 10 horas de sono seriam excelentes. No entanto, não se preocupe se não conseguir dormir esse tempo todo. Muitos atletas não dormem todas essas horas mas o seu corpo está bem preparado. Por precaução coloque o despertador para acordar com tempo. Deve tomar o pequeno-almoço e ter tempo para se dirigir para o local da partida sem quaisquer preocupações adicionais.
 
O dia da corrida – antes da partida
Acordar cedo e tomar um bom banho de água quente ajudará bastante, melhorando a circulação sanguínea. 
O pequeno-almoço deve ser composto por alimentos de fácil absorção e sumos naturais. Evite fibras e alimentos gordurosos, pois podem causar problemas de digestão. Beba muita água, mas não mais do que tenha feito em dias anteriores, pois de outra forma o seu corpo terá tendência a expelir mais líquidos e provocará maior necessidade de urinar.
Vista o seu equipamento de corrida folgado, mas tenha atenção aos hidratantes e use vaselina nos pontos de maior fricção. Tome os melhores cuidados com os seus pés, principalmente se for propenso a ganhar bolhas.
O dia da corrida – durante a corrida
Não invente nada. Faça um aquecimento de 10 a 15 minutos, alongue suavemente todos os seus músculos. Não comece a maratona em ritmos elevados. Mantenha a cabeça fria e concentrada na estratégia pensada. Manter um ritmo constante é muito indicado para corredores mais experientes.
Conserve a sua energia o máximo possível, porque os derradeiros quilómetros vão ser muito exigentes.
Durante uma corrida, você precisa de 30 a 60 gramas de carbohidratos por hora e cerca de um copo de água a cada quinze minutos. Ingerir gel energético é uma óptima maneira de repor a energia durante a corrida. Não rejeite água ou bebidas isotónicas. Fuja das bebidas energéticas.
Consiga um bom resultado, de acordo com o seu objectivo, e tenha um largo sorriso no final.
O dia da corrida – após a meta
Não páre imediatamente. Tente manter um trote fácil ou uma caminhada de 10 minutos, arrefecer o seu organismo é muito importante.
Se houver serviço de massagem aproveite, se não, consiga algum gelo e massaje as zonas mais doloridas. 
Coma qualquer coisa de absorção rápida após a maratona. Não faça uma refeição pesada. Beber líquidos assume grande importância, pois irá repor a energia perdida na prova. As bebidas isotónicas são excelentes para a reposição dos electrólitos.
 
O dia após a corrida
Procure tomar um bom banho de imersão com sais. Depressão pós-corrida é bastante comum, para o evitar, se não tiver grande experiência, vá assistir a um filme e passar algum tempo com seus entes queridos.
Procure cuidar rapidamente das bolhas que sofreu durante a corrida, caso as tenha. Não tenha qualquer actividade extenuante neste dia. Pode fazer uma boa caminhada, mas evite correr. A ginástica e os alongamentos são o mais recomendado. 
Faça agora a avaliação da sua corrida. Seja ela um êxito ou um fracasso e procure anotar as suas sensações para referência futura. 
Procure fazer uma pausa no treino, mas sem parar. Caminhadas ou treino em piscina são aconselhados.
 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão