Bernard Lagat vai estrear-se na maratona aos... 43 anos

Depois de uma carreira repleta de sucessos, nos quais se destacam duas medalhas olímpicas (prata em 2004 e bronze em 2000, ambas nos 1500 metros), dois títulos de campeão Mundial (em 2007, nos 1500 e 5000 metros) e outras quatro medalhas em Mundiais (três pratas e um bronze), o norte-americano Bernard Lagat decidiu que aos 43 anos era hora de abraçar o derradeiro desafio: correr uma maratona. E a estreia dar-se-á logo num palco mítico, na Maratona de Nova Iorque, que a 4 de novembro promete prender as atenções dos amantes da corrida. Na Big Apple, Lagat irá tentar uma estreia para mais tarde recordar, numa prova na qual o grande favorito é Geoffrey Kamworor, o detentor do título.

E se se pensa que a idade está a afetar a performance do veterano... é melhor pensar duas vezes. É que Lagat venceu no mês passado os campeonatos nacionais dos 10 quilómetros, ao correr a distância em 28.42 minutos, tornando-se na altura no mais velho da história a conseguir tal título.

Refira-se que Lagat, natural do Quénia e naturalizado norte-americano em 2008, é o detentor do recorde norte-americano dos 1500, 3000 e 5000 metros, sendo ainda o segundo mais rápido da história na primeira distância, apenas atrás do lendário Hicham El Guerrouj.

Um elenco de respeito

Ainda que os nomes se tenham de dispersar para 'preencher' o elenco das restantes Majors, refira-se que os atletas perfilados na elite masculina prometem emoções fortes. A saber: o queniano Daniel Wanjiru (vencedor da Maratona de Londres em 2017), os norte-americanos Abdi Abdirahman, Shadrack Biwott (terceiro em Boston este ano) e Jared Ward, os etíopes Lelisa Desisa (vencedor de Boston em 2013 e 2015) e Shura Kitata (segundo colocado em Londres este ano) e ainda o mexicano Juan Luis Barrios.

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record
 

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão