UTMB: Picadela de abelha trava sonho de Kilian Jornet

Numa prova exigente como o Ultra Trail do Mont Blanc (UTMB), com 171 quilómetros e com mais de 10 mil metros de desnível positivo, Kilian Jornet poderia estar à espera de tudo, menos ser obrigado a abandonar devido a uma... picadela de abelha. Mas foi mesmo isso que sucedeu esta madrugada ao catalão, que 'encostou' às boxes a 84,8 quilómetros da meta, na zona de Bertone, isto numa altura em que andava na luta pelos lugares da frente, conforme se esperava.

O anúncio da desistência foi feito pelo Facebook, numa publicação na qual explicou que a picadela aconteceu a cerca de três horas do início da mítica prova nos Alpes. "Sou alérgico a picadelas de abelha e o meu pé começou a reagir de imediato. Tomei medicamentos para evitar problemas maiores e, com o médico, tratámos de reduzir a inflamação e a dor, para conseguir correr. Mas mal comecei a prova senti coisas estranhas no estômago e peito. Depois de Courmayeur tive uma reação alérgica muito forte, dificuldade em respirar, náuseas, dores...", explicou o catalão, que este ano procurava 'vingar-se' da derrota do ano passado, quando foi batido pelo francês Francois D’haene.

Refira-se que por agora, a cerca de 30 quilómetros da meta, a liderança é do francês Xavier Thévenard, com meia hora de avanço para Robert Hajnal. No que a portugueses diz respeito, Francisco Freitas está grande, sendo atualmente o 15.º colocado.

Contacte-nos através do email: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record
 

 

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão