Nelson Évora e Inês Henriques condecorados pelo Presidente da República

03SET 19h07

Marcelo Rebelo de Sousa condecorou esta segunda-feira, no Palácio de Belém, Nelson Évora e Inês Henriques com a Grã Cruz da Ordem de Mérito e a Grande Oficial da Ordem de Mérito, respetivamente.

No momento da distinção, Marcelo Rebelo de Sousa descreveu o triplista e a marchadora como "vencedores" e "exemplos de excelência nacional".

"Nelson Évora e Inês Henriques têm em comum talento, determinação, capacidade de luta, resistência física e psíquica, e espírito de reinvenção ilimitados. Para eles não há fronteiras inultrapassáveis, nem desafios invencíveis", realçou o Presidente da República.

Após receber a distinção, Inês Henriques, campeã mundial e europeia dos 50 km marcha, confessou-se "orgulhosa e recompensada pelos 26 anos de trabalho" e destacou a luta que tem levado a cabo em nome das mulheres para que esta prova passe a constar nas grandes competições internacionais.

"Este reconhecimento é muito especial porque os 50 km marcha foram a oportunidade que eu e o meu treinador agarrámos para fazer algo de diferente e histórico. Conseguimos mudar mentalidades e mostrar que nós mulheres conseguimos fazer a prova com qualidade", referiu a marchadora do CN Rio Maior.

Depois de ter levado a que esta prova constasse nos Mundiais e Europeus de atletismo, a marchadora já aponta aos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

"Óbvio que quero lutar para estar nos Jogos Olímpicos e lutar por uma medalha. Sei que a tarefa vai ser cada vez mais difícil, mas estou a preparar a minha equipa para poder dar a resposta da melhor forma", finalizou Inês Henriques.

Por seu lado, Nelson Évora, medalha de ouro no triplo salto, reconheceu ser "uma grande honra receber esta condecoração" e promete continuar a "honrar os portugueses".

Apesar de contar no seu historial com títulos em todas as grandes provas, o atleta diz manter a sua ambição por encontrar "sempre algo mais para conquistar".

"Já ganhei tudo o que tinha para ganhar, mas continuo supermotivado como se fosse o primeiro dia da minha carreira para continuar a fazer história e dignificar os portugueses", frisou o atleta do Sporting.

Nesta cerimónia estiveram também presentes familiares e amigos dos dois atletas, bem como o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, o presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Jorge Vieira, a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, e o presidente da Comissão de Gestão do Sporting, Torres Pereira.

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão