Sporting quer Kiplangat como português

13JUN 03h19 Atletismo

O Sporting já iniciou o processo burocrático que irá permitir ao queniano Davis Kiplangat fixar residência oficial em Portugal e, a médio/longo prazo, pode equacionar a naturalização do fundista que deu ao clube de Alvalade a vitória individual e coletiva na Taça dos Clubes Campeões Europeus de corta-mato este ano, em Mira.

Davis Kiplangat, de 19 anos, é visto pelos responsáveis leoninos como uma firme promessa para os futuros compromissos do clube, tanto na pista como na estrada. Dada a sua idade, o futuro é bastante promissor e por essa razão os dirigentes não descartam a possibilidade de ele optar pela cidadania portuguesa.

O nosso jornal sabe que o Sporting já providenciou alojamento para o fundista queniano em Lisboa e tem dado enquadramento técnico quando é necessário, através de Carlos Silva, coordenador técnico dos leões, e do treinador Luís Pinto.

"Não se pode descartar a possibilidade de Davis Kiplangat tornar-se cidadão português", garantiu a Record Carlos Silva, responsável do Sporting.

Recorde-se que Kiplangat bateu no Meeting Fernanda Ribeiro, na Maia, o máximo pessoal nos 10.000 metros com 27.51,20 minutos. O queniano tem ainda como recordes pessoais 13.13,44 minutos nos 5.000 metros, marca obtida este ano em Xangai.

Subscreva a Newsletter e receba as notícias em primeira mão